Se você quer ter sucesso e uma vida extraordinária, a combinação de satisfação e gratidão será uma estratégia poderosa e indispensável

Paulo Vieira

Um livro aberto é um cérebro que fala; fechado, um amigo que espera; esquecido, uma alma que perdoa; destruído, um coração que chora

Voltaire


Conexão

Deus é bom o tempo todo

Devemos nos preocupar com a melhoria contínua, sendo as nossas próprias curas e bênçãos, não nutrindo expectativas em relação aos outros

15/07/2024 - 11:19

Quando criamos expectativas em relação aos outros, invariavelmente, decepcionamo-nos. Isso porque depositamos a esperança de sermos recompensados por aquilo que eles não podem nos oferecer. Somos os responsáveis, única e exclusivamente, pelas nossas atitudes, então, que baixemos a crença da correção alheia, a fim de não nos frustrarmos, afinal, cada um tem o seu tempo de maturação, a sua trajetória de vida. Não adianta cobrarmos que tenham a mesma visão, pois cada ser é único e enxerga a vida sob a própria ótica. Já que somos criados à imagem e à semelhança de Deus, obras do Criador, que paremos de reclamar, criticar ou perseguir.

Muitas vezes nos vemos em determinadas situações, que no momento do ocorrido não compreendemos nem aceitamos. Mas quando nos deslocamos do fato, respiramos fundo, e fazemos uma análise macro, percebemos que Deus nos concedeu mais um livramento - seja numa oportunidade de negócio, numa viagem ou num romance... Ele sempre cuida de nós e nos livra de algo que, em última análise, seria-nos nocivo.

Esta reflexão é simples e direta. Sejamos as bênçãos que rogamos. Controlemos os nossos pensamentos. Tenhamos atitudes que sejam guiadas pela Fé, pelos bons princípios, por valores cristãos. Em relação às atitudes dos outros, por mais que estes sejam próximos a nós, familiares e entes queridos, definitivamente não temos controle. 

Conhecidos e parceiros, temos aos montes; bajuladores, então, nem se fala! Mas amigos, aqueles de verdade mesmo, são poucos - pessoas que nos amam incondicionalmente, que não nos julgam, que nos apoiam nos momentos em que a maioria absoluta nos vira as costas. Nestes, sim, podemos confiar. 

Então, qual a melhor forma de ajudar àqueles que simplesmente não se importam? Fazermos uma bela prece, com oração fervorosa para que Deus os abençoe, guie, ilumine, oriente e proteja. Temos que fazer a nossa parte. Sejamos a nossa melhor versão. Coloquemos amor em nossas atitudes. Tenhamos humildade para seguirmos abertos às novidades. Saibamos perdoar, a nós mesmos e aos outros. Sejamos gratos e trabalhemos com afinco. As bênçãos vêm do Céu. Deus é bom o tempo todo.


Foto:

Marcelo Pardini contato@agromp.com.br

Marcelo Pardini é narrador, poeta, jornalista, pós-graduado em Marketing e leiloeiro rural. Titular da marca Agro MP - A voz do Agronegócio

61 colunas publicadas