Depois de toda luta e cada descanso, quero me levantar forte e pronta, como um cavalo novo

Clarice Lispector

Nós imaginamos o que desejamos, queremos o que imaginamos e, finalmente, criamos aquilo que queremos

George Bernard Shaw


Treinamento

A treinadora do autoconhecimento

Conheça o trabalho que revela a essência humana, através do coaching assistido com cavalos, desenvolvido no Brasil pela agropecuarista e escritora Ruth Villela

23/07/2019 - 16:22 | Atualizado em 18/09/2019 - 08:55

Ruth Villela é uma mulher forte, que mesmo diante dos problemas traz o sorriso no rosto. “Os cavalos sempre foram anjos para mim. Eu os amo desde menininha. Minha história de vida é de superação e resiliência, então, hoje a palavra gratidão é inerente ao meu ser”, diz a agropecuarista que fomenta o coaching assistido com cavalos no Brasil.

“Tive o privilégio de viajar diversas partes do mundo para estudar o tema. Tenho certificados em Equoterapia e em Coaching com os mais renomados especialistas da área. Desde maio de 2015, quando fiz a minha primeira formação com o Mestre Claude L’Heureux, na França, eu descobri que os cavalos haviam me escolhido. Foi incrível! Em uma das dinâmicas, levei uma cabeçada nas costas tão forte, que fui lançada a uns três metros pra dentro do círculo. Eu achava que era apenas mais uma certificação. Não queria me comprometer. A gente se boicota constantemente. Foi assim que cheguei à minha missão na Terra”. Este e outros relatos ricos em detalhes estão no livro Minha vida com os mestres cavalos, que Ruth lançou no final de 2016 pela editora portuguesa Chiado, à venda no Brasil e na Europa.

Divulgação
Ruth Villela diz que desde a tenra idade os cavalos são anjos em sua vida 

Por que os cavalos? “Estes seres grandes e poderosos têm características e formas físicas que facilitam a aproximação do humano. É possível trabalhar diversos aspectos relacionados à autoestima, ao crescimento pessoal e à superação dos estados emocionais adversos (perdas ou mortes). Os equinos, quando interagem com os homens, associam-nos com o espírito de preservação em manada”. Segundo Ruth Villela, tal interação é uma oportunidade imensurável para trabalharmos o fortalecimento interior e elementos associados à convivência social, ao trabalho, à liderança, às atividades em equipe. “Qualquer aspecto que se vincule com a manutenção, a reconfiguração e o fortalecimento de sistemas empresariais, sociais e familiares”, enfatiza.

O mais importante do processo é a interação entre os cavalos e os seres humanos mediante vínculos comunicativos e sensoriais, respeitando a inter-relação sistêmica. “O equino, geralmente, reflete nossas emoções no espaço vivencial. Ele funciona como um espelho do homem. Direcionamos esta experiência para que os participantes encontrem soluções mais rápidas e contundentes do que em uma capacitação convencional. Vivemos tempos de transformação. A globalização, a velocidade dos acontecimentos, a competição desenfreada e a crise financeira exigem das empresas alternativas para gerar mudanças profundas. O propósito do coach é melhorar e desenvolver habilidades na vida, nos negócios e nas relações de uma forma geral, fazendo com que as pessoas se sintam mais felizes, produtivas e capazes de alcançar as suas metas”.

Foto cedida
Plano sistêmico - na vivência, o equino reflete as emoções do ser humano

Como funciona
Trabalha-se diretamente com processos mentais e emocionais do indivíduo, através de dinâmicas nas quais o cliente interage com os animais em liberdade e, ao final, processa sentimentos, pensamentos e padrões de comportamento. “As atividades se desenham para criar as melhores metáforas em relação ao que se está vivendo na empresa e na vida”. Através do processo de aprendizagem vivencial, o participante se compromete ativamente a perguntar, investigar, tomar decisões, enfrentar medos, resolver problemas, assumir responsabilidades e respeitar limites.

“Executivos, profissionais liberais, empresários e artistas me procuram porque mantenho o sigilo absoluto. Isso é fundamental nesse tipo de abordagem. A discrição é a alma do negócio”, diz Ruth Villela, uma das principais personalidades do Agronegócio brasileiro. “As pessoas me procuram porque confiam em mim e os cavalos nos ajudam porque também sentem esta confiança. Um líder só segue outro líder”.

Quanto aos parceiros de trabalho, Ruth os treina desde potrinhos. “Os cavalos estão na Terra há mais de 5.000 anos antes do que o homem. Numa única sessão de coaching (clínica), eu asseguro que eles presenteiam o participante, ajudando-o a se autoconhecer, relacionar-se, romper amarras, quebrar barreiras". É preciso coragem para se desfazer das máscaras do dia a dia, desnudar-se de si mesmo, enfrentar as angústias e ter coragem para superar os desafios.

Atualmente, a profissional atende com agendamento prévio na Fazenda Valle das Fadas, em Campos do Jordão/SP. Lá, ela também está implantando um espaço de gastronomia camponesa, uma fábrica de Kombucha e uma cervejaria artesanal. Mais informações: (11) 99621-2288 / coachconsultoriaruth@gmail.com.


Publicidade
Banner Haras Lagoinha