Quando você coloca a Fé em prática, tende a ser imbatível, vendo os obstáculos como oportunidades de aprendizado e crescimento

Nick Vujicic

O presente é melhor do que qualquer outro tempo, já que é o único que temos

Allan Percy


Curiosidade

A memória do cavalo

Os elefantes que se cuidem: estudos recentes apontam que os equinos têm recordação extraordinária. Saiba mais sobre o assunto

A lembrança é a função mental que permite reter informações e assimilar novos conhecimentos. A expressão idiomática na língua portuguesa “memória de elefante” é utilizada para se referir às pessoas que se lembram de fatos e acontecimentos, e também não se esquecem de pequenos detalhes. Quando treinados, os cavalos são capazes de aprender mais rápido do que outros animais e, depois de aprendido, os equinos jamais esquecem. Eles têm bom senso de direção, conseguindo lembrar-se de locais onde encontraram comida, abrigo e água, além de se atentarem para locais onde lhes suscitaram perigo e ameaça. Tudo isso graças à capacidade de recordar eventos que os marcaram, tanto de maneira positiva quanto negativamente.

Quando passam por más experiências, os cavalos guardam tais lembranças durante longos anos. Mas quando tratados com carinho e gentileza eles se recordam das pessoas e das circunstâncias para sempre. O sentimento de amizade e gratidão permanece dentro deles.

Acredita-se que o cavalo com apenas um ano de idade já tenha aprendido mais de 70% do que precisa saber em toda a sua vida. Por isso, os cuidados de manejo nos primeiros meses e o adestramento correto posteriormente são tão importantes para a saúde mental do equino. Depois de memorizado, o mau hábito não chega a ser impossível de ser corrigido, mas se torna bem difícil de mudá-lo. Atenção redobrada no contato diário!

Foto cedida
Os cuidados nos primeiros meses são importantes para a saúde do equino

Segundo pesquisa realizada pela Universidade da Bretanha, na região noroeste da França, a memória dos cavalos vai muito além do que imaginamos. Os equinos se comportam, aprendem e memorizam melhor quando estimulados de forma positiva, criativa, desafiadora, não entediante e, acima de tudo, não agressiva. Recompensas, como um afago ou uma conversa em tom calmo e agradável, também funcionam. Experimente: seja gentil e veja como o cavalo responderá! O manejo e a convivência se tornarão mais simples e prazerosos.

Foto cedida
Um afago ou uma conversa em tom calmo e sereno sempre funcionam

Essas são apenas algumas das admiráveis habilidades cognitivas desses animais tão dóceis e inteligentes. Treine e ensine os seus cavalos com respeito, carinho e gentileza. Eles memorizam tais cuidados, retribuem e agradecem.


Foto:

Flávia Raucci harastresrios@harastresrios.com.br

Flávia Raucci é Diretora de Marketing do Haras Três Rios, criatório de cavalos da raça Mangalarga, localizado em Itatiba/SP, cuja história vai para 50 anos de seleção.

5 colunas publicadas

Publicidade
Banner Haras Lagoinha