Saudade é feito uma manivela que vai apertando o coração da gente até o limite do rompimento das lágrimas

Eça de Queiroz

Fuja da ideia de que sucesso é um golpe de sorte. A sua sorte é você quem cria. A sorte não acontece, ela é criada. Você cria a atmosfera, o ambiente, as condições para que a sorte aconteça

Caio Carneiro


Poesia

Coração de Poeta na Amazon

A obra que fala de amor, respeito, gratidão, resiliência, compaixão, coragem, superação e Fé está disponível, a preço módico, em formato eBook

07/10/2021 - 13:18 | Atualizado em 14/10/2021 - 07:30

O livro "Coração de Poeta - O amor, a Fé e o pensamento positivo nos levam à evolução" foi publicado em 2014, em versão impressa, com tiragem de apenas 1000 exemplares. Agora, o atual cenário pede que valorizemos as mensagens positivas, por isso me senti na obrigação de disponibilizá-lo na plataforma KDP (Kindle Direct Publishing), a preço módico, pois os escritos são sobre amor, respeito, gratidão, resiliência, compaixão, coragem, superação, Fé.

Divulgação
A obra aborda amor, respeito, gratidão, coragem, resiliência, compaixão, Fé

Estamos passando por um dos momentos de maior tensão da vida moderna, do Oriente ao Ocidente, com a pandemia do coronavírus (covid-19). Muitas informações desencontradas, medo, angústia, pânico, mortes. É algo inesperado e com desfecho incerto, por isso temos uma oportunidade única de fazermos novas e amplas reflexões: O que queremos? Para onde estamos caminhando? Quais os limites do homem?

O hoje demanda calma, paciência, benevolência, coragem e Fé. Muita Fé! É tempo de repensarmos nossas atitudes, fundamentalmente em relação às nossas buscas, aos nossos valores, à nossa alimentação, à nossa visão sobre a Natureza, ao respeito para com o próximo, à espiritualidade e, especialmente no Brasil, à desigualdade social. Paremos de apontar e julgar! Tenhamos mais amor, para conosco e para com os outros! Se queremos um mundo melhor, a mudança precisa vir de nós!

O que é essencial? Eis a pergunta que não quer calar. Penso que a palavra da vez seja indulgência. Vou repetir: indulgência! Sejamos mais gentis, saibamos perdoar (a nós mesmos e aos demais). Tenhamos mais paciência, humildade. Busquemos a simplicidade. Num plano sistêmico, sob o ponto de vista holístico, que nos atentemos à nossa pequenez frente à magnitude do Universo, bem como cumpramos os nossos deveres e as nossas obrigações, antes mesmo de exigirmos direitos ou pleitearmos benefícios, já que somos partes de um todo. 

Fazer o bem, colher o bem. Generosidade e gratidão. O amor, a Fé e o pensamento positivo nos levam à evolução. As minhas preces e os meus sentimentos às famílias dos enfermos e dos mortos. As mais intensas vibrações positivas ao mundo! Falemos mais de amor! Disseminemos mensagens de esperança!

*Venda exclusiva na Amazon (formato Kindle): https://www.amazon.com.br/s?i=digital-text&rh=p_27%3AMarcelo+Pardini&s=relevancerank&text=Marcelo+Pardini&ref=dp_byline_sr_ebooks_1


Foto:

Marcelo Pardini contato@agromp.com.br

Marcelo Pardini é narrador, poeta, jornalista, pós-graduado em Marketing e leiloeiro rural. Titular da marca Agro MP - A voz do Agronegócio.

35 colunas publicadas