Os bons líderes levam outros consigo para o topo. Promover a ascensão de outros é requisito fundamental para a liderança eficaz

John Maxwell

Não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros

Confúcio


Meu Pet

Acupuntura - do misticismo à comprovação científica

O objetivo é proporcionar melhor qualidade de vida aos pets através do alívio das dores, tendo foco no indivíduo como um todo e não apenas na doença

21/06/2019 - 11:47 | Atualizado em 17/09/2019 - 09:24

Você acredita em Acupuntura? Confia na técnica, mas ainda não entende como uma simples agulha no pelo do seu animal pode ter tantos efeitos benéficos? Pois bem… É sobre isso que tratarei nesta coluna em Agro MP. Saiba mais:

A Acupuntura é uma terapia milenar que começou na China por volta de 1.000 a.C., quando as pessoas descobriram que determinados pontos do nosso corpo, se pressionados ou perfurados, seriam capazes de aliviar dores e curar doenças. Na Medicina Veterinária, a técnica começou através do tratamento de afecções em cavalos utilizados para guerra, por volta 450 a.C. Já o Ocidente se abriu para o conhecimento da Medicina Oriental após a visita do presidente norte-americano Richard Nixon a China, na década de 1970.

O que faz um ponto de Acupuntura ser tão especial é o fato de existirem neste determinado local terminações nervosas livres, vasos sanguíneos, maior quantidade de pequenas células (mastócitos) e elevada condutividade elétrica. Tais características fazem com que a colocação de agulhas e o estímulo elétrico com aparelhos especiais nesses pontos liberem substâncias importantes para a cura de doenças e a diminuição de dores, uma vez que os nervos levam informações da superfície corporal até o cérebro. Muitas substâncias envolvidas no mecanismo de funcionamento da Acupuntura foram identificadas através de estudos, dentre elas, Endorfinas (analgésicos do próprio corpo) e neurotransmissores (Serotonina, Dopamina, Noradrenalina etc).

Apesar de a Acupuntura tratar qualquer doença, ela funciona melhor (e é recomendada) para: controle de dor, náusea e vômitos; combate às doenças respiratórias, inflamatórias e neurológicas; estimulante do sistema imunológico, problemas reprodutivos e no trato gastrointestinal. Os melhores resultados em pets foram identificados no tratamento de sequelas de Cinomose, problemas de coluna, convulsões, dores, paralisias, vômitos e constipação. Os animais aceitam a colocação das agulhas e reagem de forma positiva, tendo sensação de bem-estar e até sonolência, sem efeitos colaterais. Alguns chegam a dormir durante a sessão, que dura aproximadamente 20 minutos. Outros apresentam melhora imediata. Àqueles com problemas crônicos necessitam de várias sessões para terem boa resposta.

Várias modalidades envolvem a técnica de Acupuntura, dentre elas: Eletroacupuntura (acupuntura com leves “choques”), Farmacoacupuntura (injeção de drogas nos pontos), Do-in (massagem dos pontos com os dedos), Auriculoacupuntura (acupuntura na orelha), implantes de ouro nos pontos, uso de laser no lugar de agulhas para animais menores, como, por exemplo, aves, roedores, répteis etc.

Foto cedida
Acupuntura - alívio das dores através do foco no indivíduo como um todo

Nosso objetivo é proporcionar melhor qualidade de vida aos pets. Isso se dá pelo alívio das dores através do foco no indivíduo como um todo e não apenas na doença. Colocando-nos no lugar dos nossos estimados companheiros, tratamo-los com empatia e carinho. Sendo assim, sugiro que você experimente as maravilhas que a Acupuntura pode proporcionar para você e para o seu querido animal! Pense nisso!


Foto:

Janaina Biotto contato@vilachicopethotel.com.br

A médica veterinária Janaina Biotto é especialista em Anestesia, Oncologia, Ozonioterapia e Acupuntura. Atende no Vila Chico Pet Hotel, em Botucatu/SP.

10 colunas publicadas

Publicidade
Banner Haras Lagoinha